Domingo, 09 de Maio de 2021

Casos de Covid-19 começam a diminuir e Mauro Carlesse reforça importância da vacinação




COMPARTILHE

A redução na curva epidemiológica da Covid-19 no Tocantins e a aquisição de mais vacinas contra o novo Coronavírus foram alguns dos assuntos discutidos na reunião do Comitê de Crise de Combate e Prevenção à Covid-19, conduzida nesta segunda-feira, 12, pelo governador do Estado, Mauro Carlesse.

A ampliação de leitos clínicos/Unidades de Tratamento Intensivo (UTI), a vigência dos decretos com as medidas de contenção à proliferação do vírus e o calendário escolar de 2021 também foram abordados durante o encontro on-line.

O governador Carlesse abriu a reunião parabenizando os membros do Comitê pelo empenho nas ações de enfrentamento à Covid-19 que promoveram uma redução na curva de contaminação nos últimos dias. “Essa semana, os indicadores apontaram uma queda no número de casos da Covid-19 no Tocantins. No dia 29 de março, nossa média móvel estava em 766 e, atualmente, está em pouco mais de 379 casos. Isso demonstra que o que temos feito, como a imunização da população, trabalho remoto para os servidores entre outras ações, está dando resultado e isso se deve ao trabalho de todos”, assegurou.

O governador Carlesse reforçou também o empenho do Estado na aquisição de novas vacinas para acelerar a imunização da população. “Assinei o pré-contrato para aquisição de 1 milhão de doses da Sputnik V para imunização da nossa população. Nosso objetivo é vacinar toda a população, se uma pessoa não puder sair de sua casa para ir tomar a vacina, nós vamos levar a vacina até ela, ou vamos buscá-la em casa, mas todos devem ser vacinados. Só com a vacina nós conseguiremos solucionar mais rápido e definitivamente o problema da Covid-19 no Tocantins”, afirmou.

Dados do Vacinômetro disponibilizados pela Secretaria de Estado da Saúde (SES) nesta segunda-feira, 12, apontam que um total de 175.130 doses de vacinas contra a Covid-19 já foram aplicadas na população tocantinense, sendo 134.493 da 1ª dose e 40.637 da 2ª dose.

O secretário de Estado da Saúde, Edgar Tollini, destacou que a redução no número de casos da Covid-19 se deve a múltiplos fatores como imunização, conscientização da população e também às medidas adotadas pelo governador Carlesse. “O decreto do governador com tolerância zero para aglomerações, por exemplo, ajudou e muito a criar essa responsabilidade social nas pessoas, mas, ainda não é o momento de aglomerarmos, precisamos continuar usando máscaras, manter o distanciamento e higienizar as mãos continuamente”, frisou.

O secretário Edgar Tollini destacou ainda a abertura de dez leitos de UTI, exclusivos para o tratamento da Covid-19, entraram em operação nesse sábado, 10, no Hospital Regional de Porto Nacional.

VIGÊNCIA DOS DECRETOS - O secretário-chefe da Casa Civil, Rolf Vidal, informou que a tendência é que as medidas de biossegurança estabelecidas pelos decretos n° 6.234 [adota providências para o enfrentamento da Covid-19 no âmbito do Estado do Tocantins] e nº 6.230 [estabelece medidas do enfrentamento da Covid-19 no âmbito do Estado do Tocantins] sejam mantidas para os próximos dias. “As ações que têm tido bons resultados como a força-tarefa Tolerância Zero e a proibição dos eventos devem continuar em todo o Estado, mas levando em conta a curva epidemiológica nos reuniremos com a SES nos próximos dias para saber se há possibilidade de flexibilização", ressaltou.

RETORNO DAS AULAS - A secretária de Estado da Educação, Juventude e Esportes, Adriana Aguiar, explicou que o retorno das aulas deve acontecer no dia 3 de maio de maneira adequada ao momento. “Estamos trabalhando na formação continuada dos nossos professores tanto em biossegurança quanto saúde física e mental. E, independentemente de como será esse retorno, se presencial ou remoto, nós estaremos preparados para acolher os alunos”, enfatizou.

A titular da Seduc informou também que a pasta já está pronta para iniciar, a partir do dia 25 de abril, a terceira etapa da entrega dos kits de alimentação para os alunos da rede pública. Nesta etapa, devem ser entregues 170 mil kits.

OUTRAS MEDIDAS DE ENFRENTAMENTO - O secretário de Estado da Fazenda, Sandro Henrique Armando, destacou que a Gestão continua em equilíbrio fiscal mesmo diante do aumento de gastos que a pandemia provocou, mas que, para os próximos dias, o foco será a aquisição de vacinas. “Nossas prioridades nos últimos meses têm sido as áreas da saúde e assistência social, mas para os próximos dias nosso foco ficará concentrado também na aquisição de vacinas, porque só com a vacina nós poderemos salvar a vida da população e também a economia do Tocantins”, assegurou.

Já no que diz respeito à conscientização da população, o secretário de Estado da Comunicação, Élcio Mendes, reforçou que já está no ar uma segunda campanha para estimular as pessoas a se vacinarem. “A nossa campanha atual é direcionada aos idosos para que procurem a vacina. Nós já vemos que há um retorno positivo nesse tipo de ação, pois o Tocantins tem figurado no cenário nacional como um dos estados com melhor execução da segunda dose de vacinas em idosos”, destacou.


Autor: AMZ Noticias com Laiane Vilanova


Comentários
O Norte Araguaia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Norte Araguaia e um meio de comunicacao de propriedade da AMZ Ltda.
Para reproduzir as materias e necessario apenas dar credito a Central AMZ de Noticias