Sexta-Feira, 30 de Julho de 2021

Mais de 6 mil pessoas são imunizadas na primeira etapa de vacina contra a Influenza em Palmas




COMPARTILHE

A primeira etapa de vacinação contra a Influenza já imunizou 6.189 palmenses. Nesta fase, até essa terça-feira, 20, já receberam o imunizante  4.037 crianças com seis meses e menores de seis anos (cinco anos, 11 meses e 29 dias), 770 gestantes, 97 puérperas e 1.285 trabalhadores da saúde. A Vacinação ocorre em todas as salas de vacinas das Unidades de Saúde da Família (USFs) das 8 às 17 horas, exceto às unidades sentinelas.

A campanha começou na última quarta-feira, 14, e segundo a coordenadora da Central de Vacinas da Secretaria Municipal da Saúde (Semus), Elaine Katzwinkel, os pacientes que estão nos grupos prioritários para as vacinações de influenza e do novo coronavírus precisam ficar atentos para o intervalo de 14 dias entre a aplicação de uma vacina e outra. “É importante ter o cartão de vacina em mãos e sempre conferir as datas de uma aplicação à outra, não pode haver um intervalo inferior ao recomendado”.

A advogada Juliana Monteiro está grávida de pouco mais de três meses, faz acompanhamento pela rede municipal e está inclusa no grupo que pertence à primeira etapa da campanha. Ela conta que foi informada por sua médica sobre a vacinação e agradeceu o serviço oferecido. “Eu faço acompanhamento pela minha unidade de referência e sou muito bem atendida”. A Central Municipal de Vacinas informa que foram entregues para Palmas 11.270 doses da vacina contra a gripe, e os grupos prioritários foram preconizados conforme o Plano Nacional de Imunização (PNI).

A vacina contra a Influenza será disponibilizada em todas as USFs que não tenham atendimentos exclusivos para a Covid-19, as chamadas unidades sentinelas. Ou seja, não terão imunização as USFs da Arno 61 (503 Norte), Eugênio Pinheiro, no Jardim Aureny I, Arne 53 (406 Norte), (ASR-SE 75)(712 Sul), Arse 131 (1304 Sul) e José Lúcio, no Lago Sul. Nas USFs, também de Covid-19, do Jardim Taquari e Walter Pereira Morato, em Taquaruçu, as doses serão aplicadas normalmente.

Primeira etapa (14 de abril a 10 de maio): crianças com seis meses e menores de seis anos (cinco anos, 11 meses e 29 dias), gestantes, puérperas, povos indígenas e trabalhadores da saúde,  a Segunda etapa (11 de maio a 8 de junho): idosos com 60 anos ou mais e professores das escolas públicas e privadas.

Terceira etapa (9 de junho a 9 de julho): pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais (comorbidades); pessoas com deficiência permanente; caminhoneiros; trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros urbano e de longo curso; trabalhadores portuários; forças de segurança e salvamento; forças armadas; funcionários do sistema de privação de liberdade; população privada de liberdade; e adolescentes e jovens em medidas socioeducativas.


Autor: AMZ Noticias com Assessoria


Comentários
O Norte Araguaia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Norte Araguaia e um meio de comunicacao de propriedade da AMZ Ltda.
Para reproduzir as materias e necessario apenas dar credito a Central AMZ de Noticias