Domingo, 09 de Maio de 2021

Parceria liderada pelo Sindicato Rural de São José do Xingu busca pavimentar 132 km de rodovias




COMPARTILHE

Uma inciativa liderada pelo Sindicato Rural de São José do Xingu teve a iniciativa de mobilizar produtores rurais, prefeituras municipais e empresas do agronegócio para um rateio que deve custear dois projetos de pavimentação asfáltica na MT-430 e MT-322.

Serão 132 km de asfalto, sendo 32 km da MT-430 (entroncamento do Natanael até o Posto Sucupira) e 100 km da MT-322 (São José do Xingu a Espigão do Leste). O projeto nasceu de uma conversa realizada entre o vice-governador de Mato Grosso Otaviano Pivetta, e o prefeito municipal de São José do Xingu, Sandro José Costa Luz.

A proposta dos projetos serão inseridos no programa de Parcerias Público-Privadas Social (PPP Social) – regulamentado pela Lei Estadual nº 10.861 da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra). As parcerias sociais permitem a construção de asfaltos e manutenção. Os produtores participam entrando com aporte de contrapartida de bens e serviços, tornando o custo mais barato que o modelo de concessão. E o governo do estado investirá com recursos oriundos do Fundo Estadual de Transporte e Habitação (Fethab) e outras fontes.

O presidente do Sindicato Rural de São José do Xingu, Fernando Tulha, representante do setor produtivo rural, entendeu e abraçou a ideia, visto que os projetos são importantes para o setor, a partir de entaõ Fernando Tulha se reuniu com o prefeito Sandro, assim como o vice-governador Pivetta, por vídeo chamada, para discutir a parceria e definir a contrapartida. Pivetta, no entanto, se comprometeu em asfaltar os trechos, caso o setor produtivo doe os recursos para o custeio dos projetos.

"As rodovias que são usadas para escoamento da produção de grãos e produtos são as mesmas utilizadas pela população, para tráfego de veículos de passeio, caminhões, ambulâncias e transporte escolar, por exemplo. A pavimentação da MT-430 e MT-322 leva desenvolvimento aos municípios da região do Xingu", disse Fernando Tulha.

A expectativa é de que nos próximos quinze dias, com recurso em caixa, seja celebrada a parceria entre o Sindicato Rural de São José do Xingu e a empresa que será responsável pelos projetos. O presidente do Sistema Famato, Normando Corral, acredita na parceria e coloca o corpo técnico e jurídico da Famato à disposição para auxiliar o sindicato. Normando Corral apontou nomes e empresas projetistas aptas para a execução dos dois projetos.


Autor: AMZ Noticias com Assessoria


Comentários
O Norte Araguaia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Norte Araguaia e um meio de comunicacao de propriedade da AMZ Ltda.
Para reproduzir as materias e necessario apenas dar credito a Central AMZ de Noticias