Sexta-Feira, 30 de Julho de 2021

Secretário de Saúde diz que casos de Covid estão aumentado e que já teme 3ª onda da pandemia




COMPARTILHE

O secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo (DEM), afirmou nesta quinta-feira (20) que as projeções apontam que os índices de internações em UTIs Covid devem aumentar no Estado até o mês de julho deste ano.

Em uma entrevista à Rádio Capital, Figueiredo disse, que, na verdade, é possível que " já estejamos vivendo a terceira onda da Covid-19". Para ele, há risco de uma rápida proliferação da doença, tendo em vista a flexibilização do comércio em praticamente todo o Estado.  De acordo com o secretário, em vários municípios, os números de casos já voltaram a subir.

“Eu acho que nós já estamos nela [3ª onda]. Porque uma onda é quando você tem um declínio substancial e aí começa a crescer novamente. Além disso, temos novas variantes circulando também. Em alguns municípios, já sentimentos o crescimento e temos que administrar isso, daqui para frente”, afirmou. Para Figueiredo, “a população está agindo como se a pandemia tivesse acabado”. “Ainda não vencemos esta guerra”, afirmou, prevendo um crescente aumento no número de casos dentro de 20 dias.

“Em que pese o fato de a ocupação dos leitos de UTI estarem em 77%, os efeitos deste crescimento poderão ser notados daqui a 15 ou 20 dias, com as hospitalizações. É um acompanhamento diário. Precisamos estar preparados caso, efetivamente, a terceira onda venha com uma densidade muito grande de número pessoas infectadas”, completou.

GRAVIDADE - Na entrevista, Gilbeirto Figueiredo afirmou que a sua preocupação, agora, é de que a terceira onda possa ser mais virulenta que a segunda. Ele disse que, embora Governo do Estado não tenha parado de trabalhar na abertura de novos leitos de UTI, eles podem ser insuficientes, se a terceira onda for de natireza grave.

“Na segunda onda, tivemos cerca de 200 pessoas aguardando por UTI. Hoje, nós temos um número substancial de leitos disponíveis. O grande problema dessa doença é que ela se agrava com uma rapidez muito grande”, afirmou o secretário.


Autor: AMZ Noticias com Diário de Cuiaba


Comentários
O Norte Araguaia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Norte Araguaia e um meio de comunicacao de propriedade da AMZ Ltda.
Para reproduzir as materias e necessario apenas dar credito a Central AMZ de Noticias